Tendências para redes sociais em 2022

tendência redes sociais
Por Aldo Ribeiro – Tendências para redes sociais em 2022

O portal Comunique-se publicou recentemente um artigo de opinião assinado por Orkut Buyukkokten – sim, ele mesmo, o fundador do pioneiro e falecido Orkut e atual CEO da Hello Network. O tema, claro, redes sociais e suas tendências para 2022. Vale uma atenção para o texto. Em meio a polêmicas, oportunidades de negócios e tendências de comportamento, as plataformas sociais são um tema obrigatório para entender a comunicação do século XXI.

Entre as tendências apontadas por Orkut, algumas são óbvias, como o formato dos acessos. A migração dos desktops para o mobile tem se intensificado a cada ano e em 2022 os dispositivos móveis serão dominantes em todo o mundo.

Outro ponto que não surpreende, mas deve ser observado com atenção é a questão do formato predominante para entrega dos conteúdos. Continua muito forte a migração do feed de notícias para os stories. A popularidade dos vídeos só vai crescer. E, como parte desta tendência, existe o fenômeno da TikTokização. Ou seja, outras redes sociais vão tentar se aproximar do modelo do TikTok e seus famosos vídeos verticais de dancinhas.

E para quem não leva a rede criada na China muito a sério, considerando coisa de adolescente, é bom lembrar que seu potencial comercial não é desprezível. Recentemente o TikTok anunciou para março deste ano, nos Estados Unidos, o lançamento do TikTok Kitchen, ferramenta em que vídeos de receitas serão transformados em pratos reais para serem pedidos pelos usuários.

Outras tendências

E hábitos de consumo foi outro tema apontado. Cada vez mais os usuários das redes sociais estão se convertendo também em consumidores. Uma clara tendência a se comprar diretamente no feed, durante a navegação descomprometida. Para Orkut, este tipo de consumo em breve deve superar compras feitas pelos e-commerces e pela Amazon.

Outra interessante ponderação de Orkut foca nos criadores de conteúdo. Para ele, esta é a profissão do futuro, abrindo grandes oportunidades para que pessoas compartilhem seus conhecimentos e experiências. E cita dados da SignalFire, uma gestora de capital de risco americana, indicando que existem cerca de 50 milhões de criadores em todo o mundo, sendo a quarta carreira mais desejada entre as crianças britânicas de 7 a 11 anos.

Complementando a análise, Orkut Buyukkokten destacou ainda como tendências para o ano a adesão a comunidades; a moderação de conteúdo, como forma de transformar o ambiente em um espaço mais seguro e livre de notícias falsas; usuários mais atentos e exigentes ao tratamento de seus dados para garantir sua privacidade, tendência impulsionada pela entrada em vigor no ano passada da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais; mudanças de algoritmos em algumas redes sociais para ampliar o consumo e distribuição de conteúdo; as redes sociais estarão mais integradas a hardwares, como carros e relógios.

Vamos acompanhar com atenção as novidades. Na Literal Link oferecemos pacotes completos de serviços em redes sociais, como produção de conteúdo, consultoria e Ads. Fale conosco!

Comments are closed.