Funcionários influenciadores: uma tendência

funcionários influenciadores
Por Aldo Ribeiro – Funcionários influenciadores: uma tendência

No final do ano passado, o Grupo de Pesquisa Influcom (Comunicação, Influência e Visibilidade em tempos de plataformas sociais digitais), da Faculdade Cásper Líbero, publicou um interessante relatório intitulado “10 Tendências de Comunicação, Influência e Dados”. A coordenação do estudo foi da Prof. Dra. Carolina Terra.

Entre os tópicos, uma interessante abordagem sobre “Funcionários: novos influenciadores digitais?”, assinado por Lidiane Faria, Head de Recruitment Marketing e Employer Branding em uma HR tech. O funcionário influenciador, ou Employee Advocacy, é o colaborador de uma empresa, notoriamente ativo nas redes sociais, que usa estes canais para defender a marca, falar de suas virtudes e boas práticas.

A principal vantagem aqui é que o reconhecimento de uma organização como boa empregadora tem um efeito muito positivo em sua imagem, não só entre potenciais contratados. Uma empresa que garante um bom ambiente para seus colaboradores representa valores positivos para o público em geral. Por conta disso, empresas já usam a estratégia como forma de impulsionamento de sua imagem e reputação.

Como era de se esperar, o LinkedIn desponta como a principal rede para uma estratégia de Employee Advocacy. É a ferramenta adequada para os colaboradores falarem de clima organizacional, conquistas profissionais e disseminar informações positivas sobre seu empregador.

Para empresas que focam na captação e retenção de talentos, a estratégia é fundamental. A percepção é de que ninguém melhor para falar sobre carreira e ambiente de trabalho do que os próprios colaboradores.

Embaixadores da marca

Empresas que pretendem investir em uma estratégia de incentivo a funcionários influenciadores devem implementar projetos de embaixadores da marca e campanhas de comunicação interna. E o investimento neste tipo de ação é altamente compensador. Lidiane cita o estudo Edelman Trust Barometer, apontando que conteúdos compartilhados por colaboradores podem receber até 8 vezes mais engajamento em relação aos canais oficiais da marca. Embora os dados sejam de 2014, podem dar uma boa medida do potencial deste tipo de ação.

Como estruturar um projeto de embaixadores da marca? O ideal é começar com um diagnóstico de clima entre os colaboradores. A partir disso, identificar quem são os potenciais influenciadores e estabelecer mecanismos de incentivo e facilitação para os produtores dos conteúdos sobre a organização.

Incentivos não significam necessariamente remuneração financeira. Existem várias formas de engajar o pessoal, como brindes, vantagens e ferramentas de reconhecimento. Uma das tendências é a gamificação de plataformas de comunicação interna, incentivando a concorrência interna.

Se interessou pelo tema? A Literal Link desenvolve projetos focados em buscar a melhor estratégia para a sua necessidade. Nosso trabalho com uma multinacional norte-americana do segmento de TI gerou como resultado para as redes do cliente crescimentos de 55,38% para LinkedIn, 128% para Facebook e 184% para Instagram. O case foi apresentado para outras unidades internacionais do grupo. Fale conosco!

Comments are closed.